quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O Mercador

O mercador andava pela rua, oferecendo seu produto. Por vezes era chutado, humilhado e até mesmo zombado.
Foi então que alguém perguntou: como você não se cansa?
- Claro que me canso. - respondeu.
- E porque não desiste?
O mercador então disse: porque prefiro morrer cansado, a abrir mão do que faço.

Um comentário:

  1. A paz querido, belas palavras, desejo um feliz ano novo, para você e para toda sua família, e que Deus venha te abençoar ainda mais.
    Salviano

    ResponderExcluir